quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Os Héteros estão na pior?

Nos últimos dias, a blogosfera (e a facebookosfera) tem estado em polvorosa por causa da aprovação, pela Câmara de Vereadores de São Paulo, do Dia do Orgulho Hétero.

Afora a óbvia indignação geral, alguns blogueiros, como o Vitor Ângelo, da FOLHA, começaram a se perguntar... Os Héteros estão tão na pior assim, a ponto de precisarem chamar atenção para si mesmos? Será que que eles realmente temem que sem a aniquilação completa da diversidade, o projeto de procriação contínua da humanidade estaria comprometido?

Outro dia eu li que o famoso Dr. Kinsey, autor de "Sexual Behaviour of the Human Male" - estudo que tem fundamentado tudo o que se diz sobre sexualidade masculina desde meados do século passado - afirmou em seu livro que o motivo pelo qual homofóbicos se opõe a homossexualidade é bem simples: o medo do crescimento da atividade homossexual. Conclui o Dr. Kinsey que com menos homofobia haveria muito mais homossexualidade. Ao se remover a pressão social que reprime a atração pelo mesmo sexo, o desejo homossexual cresceria e se espalharia naturalmente em larga escala.

Por outro lado, a heterossexualidade parece estar em baixa: os vultosos recursos investidos pela sociedade e a mídia na promoção da heterossexualidade (vide comerciais de cervejas e carros - e agora esse Dia do Orgulho HT...) só pode levar a crer que a heterossexualidade é uma orientação pouco atrativa, e que a população tem que ser constantemente bombardeada com os valores heterossexuais para poder se manter nesse rumo...

Será o fim dos héteros?

Interessante esse ponto de vista. Segundo o Dr. Kinsey, o ser humano só procria por obrigação, não por gosto. A sociedade tem que ser constantemente forçada a copular com pessoas do sexo oposto - daí o interesse hegemônico em sufocar a homossexualidade. Faz todo sentido!! É muuuuuuito mais legal ser gay do que ser hétero! ESSE é o grande segredo que tentam esconder a todo custo. 

Para o bem de todos e felicidade geral da Nação, é preciso que todos continuem pensando que ser gay é errado, é pecado, é vergonhoso. Que os gays se matem e sejam assassinados, para que a massa copule e popule o mundo de pequenos novos consumidoreszinhos...  

Tadinho dos héteros.

Um comentário:

Lilly Queers disse...

Teóricos sobre as lésbicas do séc XVIII acreditavam que, se uma lésbica experiente TOCASSE numa jovem garota, ela se tornaria uma lésbica também.Eles fazem mais propaganda que a gente! hahaha... eu acho que tem gente que pode ser feliz e heterossexual, mas parece que nem eles acreditam nisso. Realmente, é como se todos se tornariam homossexuais, se tiverem a chance.

Ocorreu um erro neste gadget