segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Aceita-se Héteros

Um trechinho de uma manchete do portal R7, referente à Escola Jovem LGBT, me chamou a atenção hoje:



Repararam? "Colégio é de Campinas e aceita heteros". Não sei por que, mas me senti MUITO BEM lendo essa frase. Ou melhor, acho que sei sim por quê.

Essa frase foi uma ação afirmativa para os héteros: não se preocupem, vocês não serão discriminados por serem heterossexuais. E, geralmente, quem se utiliza de ações afirmativas somos nós, as minorias fragilizadas.

Eu me senti bem porque pela primeira vez me vi num mundo onde não somos apenas nós, os gays, que nos sentimos excluídos. Héteros estão passando por isso agora também.

É uma sensação ruim, não é, héteros? E é bom quando reafirmam nossas identidades e deixam claro, numa notícia, por exemplo, que não seremos discriminados, não é? Dá segurança, não dá?

Poizé, quem sabe com esse pequeno exemplo os héteros possam começar a entender um pouco o que passam os LGBT e por que as ações afirmativas - como Paradas e demais ações de visibilidade - nos são tão importantes.

É bom se sentir aceito. E horrível se sentir excluído.

P.S. Aproveitando: entrem no mural do R7, "Você estudaria numa escola para gays?". As mensagens estão bem interessantes e incrivelmente equilibradas, entre contra e a favor. Alguns textos MUITO bons, com o do leitor Breno Queiroz: http://noticias.r7.com/vestibular-e-concursos/mural/voce-estudaria-em-uma-escola-para-gays-.html
  

2 comentários:

Fábio disse...

Ações afirmativas como esta são mais que necessárias. A iniciativa da escola tem sido mola propulsora para se debelar essa erva daninha que se chama preconceito e que, na maioria das vezes, tinha como local de plantio a própria sala de aula.

Ricardo Régener disse...

Olá Deco, tudo bom?

Eu sou o Régener, repórter da revista Sou mais Eu
!, gostaria de fazer, com alguma rapidez, uma matéria a respeito da Escola Gay pra nossa revista. Você pode me passar um telefone de contato seu?

Por favor, me contate no ricardo.regener@gmail.com e me passe um número pra eu falar com você. Meus telefones são os (11) 3037-2629/7604-1561

Ocorreu um erro neste gadget